quinta-feira, maio 05, 2011

"Beautiful" - by Marillion


Esta música é lindíssima!!

Everybody knows we live in a world
Where they give bad names to beautiful things
Everybody knows we live in a world
Where we don't give beautiful things a second glance
Heaven only knows we live in a world
Where what we call beautiful is just something on sale
People laughing behind their hands
As the fragile and the sensitive are given no chance



And the leaves turn from red to brown
To be trodden down
To be trodden down
And the leaves turn from red to brown
Fall to the ground
Fall to the ground

We don't have to live in a world
Where we give bad names to beautiful things
We should live in a beautiful world
We should give beautiful a second chance



And the leaves fall from red to brown
To be trodden down
Trodden down
And the leaves turn green to red to brown
Fall to the ground
And get kicked around

You strong enough to be
Have you the courage to be
Have you the faith to be
Honest enough to stay
Don't have to be the same
Don't have to be this way
C'mon and sign your name
You wild enough to remain beautiful?
Beautiful


 
And the leaves turn from red to brown
To be trodden down
Trodden down
And we fall green to red to brown
Fall to the ground
But we can turn it around

You strong enough to be
Why don't you stand up and say
Give yourself a break
They'll laugh at you anyway
So why don't you stand up and be

Beautiful

Black, white, red, gold, and brown
We're stuck in this world
Nowhere to go
Turnin' around
What are you so afraid of?
Show us what you're made of
Be yourself and be beautiful

Beautiful
Letra retirada deste site.

3 comentários:

Cacarol disse...

É linda sim senhora*

Inês Dourado disse...

Oi M.J.
QUando cheguei 'aqui', ao teu blog, sorri. Sabes porquê? Porque vejo que este espaço é para ti um 'escape'. Não falas só daquelas coisas, que se espera de ti (digo eu, que te conheço um pouco).Tu, uma miúda que ama a arte e a leitura, que sabe escrever e dizer coisas belas, não é só isso que partilhas. Aqui partilhas também o teu 'outro lado'. O lado de uma pessoa, que vê outros 'pequenos momentos' que pode tornar a vida do ser humano - um simples mortal que é vulnerável aos pequenos prazeres da vida - um pouco mais 'leve' e esquecer, por breves momentos, a porcaria de país em que vivemos e de vida estúpida que levamos, num raio de sociedade que perde valores e nem dá 'por isso'. ABRAÇÃO amiga e obrigada pelo teu comentário no meu 'cantinho' :)

Majó disse...

Inês nem mais!!!! é isso mesmo!!
Este blogue é o "meu desassossego"... pensa-se que é sobre gatos, e também o é, mas é uma grande misturada... mais parece uma esquizofrenia, ou que sofre de bi-polaridade! eh!

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

Vim aqui postar um poema da Sophia Andersen e deparo-me com este teu comentário, nada mais apropriado :) no meio de alguma (f)utilidades, lá desponta uma vez ou outra a maior insanidade que é encontrar alguém que em tempos expressou muito bem por palavras aquilo que senti um dia, ou sinto agora... e sentirei no futuro, i.e. Poesia!!

Beijos